quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

23/12/2012 - 1ª Corrida de Natal dos Perebas

1a. Corrida de Natal dos Perebas- FLN/SC
A Corrida de Natal dos Perebas tem tudo para se tornar ou já se tornou uma tradição em corridas de rua na cidade, inclusive sendo mencionado pelo segundo ano consecutivo no quadro do Cacau Menezes no Jornal do Almoço - RBS TV. Para mim e para uns amigos do grupo “Loucos por Corridas” tornou-se uma grande festa às vésperas do Natal.

Os preparativos para essa corrida vêem desde antes na preparação das roupas dos Noéis e da arrecadação de brinquedos e doces para distribuição para as crianças.

Quando cheguei ao local da prova a movimentação já mostrava que essa seria uma das maiores provas realizadas pela ACRA – Associação de Corredores de Rua do Bairro do Abraão, presidida pelo amigo Analto Romalino. Vi muita gente de outras cidades, que aproveitavam as férias de final de ano para participarem e prestigiarem o evento.

Muitos atletas caracterizados de Papais e Mamães Noéis já se encontravam por ali. Ao contrário do ano passado, as roupas estavam mais fresquinhas e mais adequadas ao forte calor que fazia.

Primeiro teve a corrida das crianças que foram distribuídas por faixas etárias. Essa é uma corrida muito especial para elas. Todas que completaram a prova ganharam presentes das mãos do Papai Noel, além de medalha, troféu e muitos doces e balas.

O interessante é que com poucos recursos o Analto consegue proporcionar um belíssimo evento natalino e com um ambiente bem familiar, com inscrições a R$ 10 mais 1 Kg de alimento, e somente para os adultos.

Após a corrida das crianças foi a vez dos adultos. Mais de 80 atletas participaram. Entre eles cerca de 15 Papais e Mamães Noéis devidamente caracterizados. Eu era um deles e junto com os amigos decidimos correr todos juntos.

O percurso dessa vez, não parecia tão difícil. Não estávamos preocupados com o tempo da prova e alguma disputa por posição, e sim em aproveitar e curtir o momento no percurso. Eu até esqueci de ligar o GPS e quando lembrei já era tarde. Nem acionei o cronômetro e fiquei totalmente sem registro. Salvo pelo nosso amigo Ênio que lembrou.

Ao longo do percurso distribuímos balas e doces para as crianças. Algumas inclusive tentavam nos acompanhar. Até as crianças “maiores” também entraram na brincadeira, pedindo e recebendo as guloseimas. Carros passavam buzinando e seus passageiros acenando. Alguns até paravam para garantir umas balinhas. O legal é que nenhum motorista passava enfezado pelo pequeno congestionamento que às vezes se formava. Coisa que é normalmente comum em corridas de ruas.

De qualquer forma, seria bem interessante se tivéssemos um carro madrinha seguindo para abrir caminho nas próximas edições. Além disso, também poderia servir de apoio. Todos saíram com os sacos cheios e pesados, mas logo após a metade da prova já havíamos distribuído quase tudo. Esses sacos são pesados e o carro de apoio poderia ajudar bem na logística de reabastecimento.

A chegada eu acho que é o ponto alto da corrida, ainda mais naquela descida final. Belas imagens foram registradas. É quando as crianças e o público aguardam a chegada e fazem a festa.

Em relação a corrida, foi o meu maior tempo nesse percurso, acho que perto de 47 minutos, mas a sensação é de que foi o mais rápido. Percebi o quanto é mais fácil e mais prazeroso correr somente curtindo a prova. Espero que ano que vem aumente ainda mais o número de Papais e Mamães Noéis.

No final ainda tivemos muita água para hidratar e cucas para comer. Em seguida teve a premiação, que dessa vez contou com muito mais mulheres concluintes. No masculino o amigo Paraíba foi o campeão geral e no feminino a amiga Liz Finkler foi a grande vencedora. Parabéns !!!
As crianças pareciam estar voando
 Entrega de brinquedos para as crianças que participaram da corrida
 Largada dos Papais e Mamães Noéis
 Enfrentando uma das subidas
 Uma paradinha para descanso
 Eu ali entregando balas e pirulitos para um dos carros
 Reta final para a chegada dos Papais Noéis
<!--[if !supportEmptyParas]--> Nossa chegada !!!<!--[endif]-->
Local: Abraão - FLN/SC

Data: 23/12/2012 
Horário: 17:30 Hs 
Distância: 6Km (5,880 Km) 

Inscrição: R$ 10 + 1 Kg de alimento   
Kit: Número do peito.


Tempo: 47min30s
Pace: 8:05 min/Km

Colocação: 07 de 09 (categoria 40-44 anos)
Colocação: 63 
de 67 (masculino)
Colocação: 73 de 82 (geral)

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

16/12/2012 - Corrida e Caminhada Contra o Câncer de Mama - FLN

Corrida e Caminhada Contra o Câncer de Mama - Etapa Florianópolis/SC
Dividido entre assistir a final do campeonato mundial de clubes entre Corinthians e Chelsea, e a Corrida contra o câncer de Mama – etapa Florianópolis, que ocorreriam praticamente no mesmo horário, decidi primeiro participar da corrida, e tentar voltar pra casa o quanto antes para ver o final do jogo.

Eu tinha um objetivo para a corrida, que era quebrar o meu recorde pessoal na distância de 5 Km. Havia tentando na semana passada, mas faltou um pouquinho. Essa corrida tinha somente a modalidade de corrida de 5 Km e a caminhada para os iniciantes.

Cheguei por lá faltando aproximadamente uma hora para a largada e foi bem tranquilo achar lugar para estacionar. Encontrei o Ênio do blog Estripicius RadioativosRunners e do Por falar em Corridas, e a Helena do blog Correndo de Bem com a vida, além do pessoal de sempre que não perde uma corridinha por aqui.

Eu esperava um público maior, uma vez que o evento de iniciativa do IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer) e da RBS TV, destinaria parte do valor arrecadado para o Imperial Hospital de Caridade. Segundo a organização estavam inscritos cerca de 650 participantes. Talvez o jogo da final do mundial tenha influenciado nesses números finais.

Dessa vez, como não havia muitos atletas da elite e empolgado para bater o meu recorde largar bem na frente, aliás na primeira fila. Pelo menos saí nos vídeos e nas fotos. Foi uma experiência diferente e que gostei bastante nesse caso.

A estratégia era correr o mais forte possível enquanto aguentasse e tentar manter o máximo possível até o final. Bem suicida mesmo.

Logo na saída, com a empolgação do grupo da elite fiz o 1º Km em ritmo dos meus melhores tiros, 3:54. Espantei-me quando vi o relógio, pois estava planejando em correr na média de 4:15, que pra mim já seria bastante puxado.

Ainda no embalo do ritmo inicial passei pelo 2º Km com 4:09. A essa altura eu já estava empolgado e confiante com a possibilidade de melhorar o meu tempo, mas já colocando a língua de fora. As pernas até que estavam aguentando bem.

Depois de aprovado na minha última corrida, novamente estava usando o tênis Sprint, que me dá a sensação de estar bem mais leve.

1º Km – 03:54
2º Km - 04:09
3º Km – 04:25
4º Km – 04:31
770m - 03:22

Após praticamente 2,4 Km fizemos o retorno em frente ao IF-SC do Continente.
Nesse ponto peguei um copo de água para dar uma refrescada. Normalmente eu não pegaria em prova curta, mas estava com a boca totalmente seca.

A volta já foi mais na base do sacrifício. Impossível para eu manter o mesmo ritmo da ida, mas isso já era sabido. Estava mais preocupado em não deixar o pace cair tanto.

Já na volta, o 3º Km passei mais acima com 4:25, mas dentro ainda da média. O problema é que a essa altura eu estava no meu limite máximo e já pensava em dar uma boa aliviada. Mas lembrava que estava com um crédito bom de início e não poderia perder essa oportunidade para melhorar o tempo.

Na passagem pelos 3 Km, já tinha conseguido a minha melhor marca com 12min28s contra os 12min40s anteriores. Agora faltava melhorar a marca dos 5 Km.

Mantive a concentração e o sacrifício nos dois últimos quilômetros. O ritmo caiu mais um pouco, mas beirava o pace de 4:30, que para mim estava excelente naquelas circunstâncias.

Na chegada vi que o portal mostrava o tempo de 20 minutos e alguma coisa e até dei uma aceleradinha nos últimos metros. Cravei o cronômetro na minha passagem com o tempo de 20min22s. Seria um sonho se a prova tivesse realmente os 5 Km, mas conferindo o Garmin vi que o percurso tinha sido de aproximadamente 4,77 Km.

De qualquer forma, pra mim foi um excelente resultado, pois em termos de pace foi o melhor na distância e o tempo projetado para 5 Km ficaria em 21min25s, que também seria recorde pessoal.

Após a chegada ainda fiquei um pouco por lá para me recompor e assistir o início da premiação. O evento ainda contou com a participação de artistas da Rede Globo, como o Eriberto Leão e a Emanuelle Araújo, além das apresentadoras da RBS TV de Santa Catarina, Sônia Campos, Camille Reis e Laine Valgas, que participaram da corrida e da caminhada.

Interessante que na entrega da premiação houve até uma surpresa para os 3 primeiros colocados da corrida de 5 Km, com valores em dinheiro de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil. Acho que ninguém esperava, pois não havia anuncio de tal premiação no regulamento.

Depois disso, como o Giovani Martinello anunciou o GOL do Corinthians, fui correndo pra casa assistir ao final do jogo e ver o Corinthians ser Bicampeão Mundial de Clubes.

 Eu, Helena Vidal e Ênio Augusto nos preparando para a corrida
 Concentração para a largada
 Só assim para ficar lado a lado com os primeiros colocados (foto de Alexandre PS)
 No trajeto de volta junto a ponte Hercílio Luz
 Num baita esforço
Camille Reis (do Estúdio Santa Catarina - RBS TV) e eu após a corrida

Local: Beira mar continental - FLN/SC
Data: 16/12/2012 
Horário: 9:00 Hs 
Distância: 5Km (4,77 Km) 

Inscrição: R$ 50,00   
Kit: Sacola, camiseta da campanha, squeeze, chip descartável e número do peito.


Tempo: 20min22s
Pace: 4:16 min/Km

Colocação: 04 de 19 (categoria 40-44 anos)
Colocação: 25 
de 119 (masculino)
Colocação: 27 de 202 (geral)

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

09/12/2012 - Corrida Rustica Sindlimp - FLN/SC

Corrida Rustica Sindlimp - FLN/SC
Resultado
Menos de meia hora da minha participação na Corrida e Caminhada do Circuito  SESC, lá estava eu para participar da Corrida Rústica do Sindlimp, organizada pela ACORSUL.

Eu ainda não tinha feito algo desse tipo, participar de duas corridas seguidas com intervalo de uma hora. Tive que sair literalmente correndo de uma e cheguei em cima da hora na outra, ás 9 horas. Ainda bem que ela acabou sendo re-programada para as 10 horas. Com isso deu tempo para que outros atletas chegassem para essa dupla jornada também. O único problema ficou com o sol que já estava imponente.

O evento ocorreu na ASDERLIC, uma associação de servidores que também estava realizando um dia de confraternização de final de ano. Tiveram as modalidades de 5Km e 10Km. Eu tinha me inscrito para participar dos 10Km, pois dessa vez o objetivo seria simplesmente chegar, pois tentar bater algum tempo seria impossível.

A largada foi fora da ASDERLIC, bem na cabeceira da entrada da ponte Gov. Pedro Ivo. Cerca de 80 atletas largaram, iniciando o trajeto pela passarela embaixo da ponte. Nessa parte do percurso ainda estava bom para correr, pois ficávamos sem a incidência direta do sol.

1º Km – 04:29
2º Km - 04:47
3º Km – 04:38
4º Km – 04:40
5º Km - 04:38
6º Km – 04:39
7º Km - 05:04
630m – 03:13



Por mais que eu tenha me proposto a fazer essa corrida simplesmente para terminar, quando é dada a largada a empolgação inicial sempre vem. Tinha em mente que não conseguiria manter o pace abaixo de 5 min/Km. Mas vendo posteriormente as parciais até que foi bem razoável.

Como dessa vez não tinha muito compromisso com algum objetivo mais específico aproveitei para estrear o tênis Sprint em uma corrida. Queria saber como ele se comportava em competições, uma vez que nos treinos me parecia bem confortável.

Ao sair da ponte seguimos no sentido Beira mar norte. Logo já apareceram os primeiros atletas voltando. Muito rápido, acho que eu não nem tinha fechado o 2o Km ainda. Eram os participantes da prova de 5 Km, que no final acabou sendo pouco mais de 4 Km. Os atletas dos 10 Km seguiam mais adiante até fazerem o retorno no fim da Praça Sesquicentenário (não deu os 10 Km).

Agora o sol já castigava bastante e estava difícil sustentar até o ritmo menos intenso. O alívio veio quando chegamos novamente para atravessar a ponte Gov. Pedro Ivo. Para encará-la dei uma caminhada na rampa de acesso, tomei um copo de água para hidratar e segui rumo ao final da prova.

Para complicar um pouquinho mais, no final, tinha uma generosa subida. Era tudo o que eu não precisava naquele momento. Mas nada que uma quebrada de ritmo não superasse. Completei a corrida com 36min10s. Considerei até bom o resultado pela situação.

Recebemos a medalha de participação e na premiação sobrou até mais um troféuzinho para mim. Fiquei bem contente, pois tinha valido a pena a rodada dupla. Em seguida foi oferecido também um almoço para os atletas que participaram da corrida. Veio em hora bem conveniente. Muito bom.
 
Pronto para a segunda prova do dia
 Largada na passarela por debaixo da ponte Gov. Pedro Ivo
 Subidinha final de matar
 Laércio e a Carlinha voltando com força total
Sobrou até um troféuzinho
Rolou até um bom almoço
Local: Sindlimp - FLN/SC
Data: 09/12/2012 
Horário: 10:00 Hs 
Distância: 10Km (7,68 Km) 

Inscrição: R$ 30,00   
Kit: Número do peito.


Tempo: 36min10s
Pace: 4:43 min/Km

Colocação: 06 de 06 (categoria 40-44 anos)
Colocação: 24 
de 37 (masculino)
Colocação: 25 de 41 (geral)

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

09/12/2012 - Circuito SESC de Caminhada e Corrida - Etapa Florianópolis

Circuito SESC de Caminhada e Corrida - Etapa Florianópolis
Final de semana com muitas incertezas sobre em qual corrida iria participar. Eu queria fazer a corrida do SESC e também a corrida da SINDLIMP, que seriam realizadas bem próximas e com uma hora de diferença, mas não sabia se iria dar tempo.

Inicialmente me inscrevi para os 10 Km na prova do SESC, mas acabei mudando para a prova de 5 Km. Pensei: fazendo a prova de 5 Km, se chegar bem teria chances de participar da outra também.

A inscrição foi bem em conta, R$ 10, com uma camiseta no kit e o chip descartável. A retirada do mesmo foi na véspera, mas acabaram entregando também o kit no dia.

Quando cheguei para a corrida, próximo das 7 horas não imaginava que teria tanta gente participando. Várias assessorias esportivas e várias delegações de outros municípios estavam presentes. Era a final do Circuito de Corridas e Caminhadas do SESC.

Uma boa estrutura foi montada para atender aos atletas e às crianças, com massagens, medições de pressão e glicose, frutas e líquidos e área de lazer.

O evento teve corridas para as crianças, corridas de 5Km e 10Km para os adultos, além da caminhada para os iniciantes.

Minha intenção era terminar a prova o mais rápido possível para dar tempo de seguir para a outra, e se desse tentar buscar o meu recorde pessoal nos 5 Km, que atualmente está em 21min38s.

A largada foi pontual, às 8 horas. Estava posicionado mais à frente para não perder muito tempo. Logo que foi dada a largada, fiz alguns desvios iniciais e depois a pista ficou bem tranquila para correr. Essa é a vantagem quando se fecham as ruas, pois não ficamos afunilados.

Saí bem forte e esse era o meu objetivo. Levar a corrida no máximo até onde aguentasse. Como eu faria somente 5 Km o percurso era somente de 1 volta até próximo a ponte de Florianópolis e retornar. Para os 10 Km seriam 2 voltas.

Passei os 2 primeiros quilômetros muito bem com 4:16 e 4:14, e vi que tinha alguma chance de tentar quebrar meu recorde pessoal se continuasse nesse ritmo.

1º Km – 04:16
2º Km - 04:14
3º Km – 04:23
4º Km – 04:28
5º Km - 04:25
30m – 0:08

O problema é que o dia já estava quente e foi ficando mais difícil manter esse ritmo nos quilômetros que se seguiram. Fui perdendo uns 10 segundos por quilômetro que no final fizeram a diferença.

Estava limitado pela minha respiração que já estava no esforço máximo. As pernas até aguentaram bem para esse percurso.

Cruzei o portal de chegada com o tempo líquido de 21min54s. Apesar de não ter sido o meu melhor fiquei bastante satisfeito. A passagem pelos 5 Km ficou em 21min46s, menos de 10s do meu melhor tempo.

Tive tempo de dar uma respirada, tomar bastante água, e receber a medalha e o lenço refrescante que eles deram no final. Nem deu pra acompanhar as demais chegadas. Em seguida saí correndo para a próxima corrida que estava programada para ás 9 horas.
Linda vista com tempo bom para correr
171 - Esse foi o número que me deram
Largando lá no canto
 Excelente estrutura disponibilizada aos atletas
Sprint final na chegada

Local: Beira mar continental - FLN/SC
Data: 09/12/2012 
Horário: 8:00 Hs 
Distância: 5Km (5,03 Km) 

Inscrição: R$ 10,00   
Kit: Camiseta, chip descartável e número do peito.


Tempo: 21min54s
Pace: 4:21 min/Km

Colocação: 04 de 26 (categoria 40-44 anos)
Colocação: 40 
de 253 (masculino)
Colocação: 44 de 490 (geral)

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

02/12/2012 - 1ª Funcional Run - FLN/SC

1a. Funcional Run - FLN/SC
Pouco mais de 12 horas após ter corrido os 10 Km da 4ª. Corrida Rústica Vale das Graças na cidade de Angelina, realizada no sábado à tarde, lá fui eu participar da 1ª. Corrida Funcional Run, também na prova de 10 Km. A diferença é que esta seria realizada na beira mar norte de Florianópolis com percurso totalmente plano. Meu desafio era um pouco ousado demais. Tentar melhorar o meu tempo nos 10 Km, abaixo de 45 min.

Essa eu acredito que tenha sido a prova com a largada com o horário mais cedo, 7 horas da manhã. Consequentemente tive pouco tempo para descansar de sábado para domingo. Mas melhor assim para evitarmos um calor mais intenso.

Estavam participando da corrida também as apresentadoras do programa Vida e Saúde da RBS TV, Sônia Campos e Tata Fromhols. O programa é exibido aos sábados pela manhã, e durante os últimos 3 meses, através do Projeto Correria, mostrou toda a preparação das apresentadoras para o desafio da  prova de 5 Km deste domingo.

O evento tinha as opções de distâncias de 5 Km e 10 Km, com boas premiações entre serviços e dinheiro. Com isso, acabou trazendo alguns fortes corredores de elite que deixaram o nível da prova bastante alto.

Em virtude da corrida do dia anterior poucos eram os “Loucos por Corridas” que acabei encontrando. Se me recordo bem estavam em rodada dupla também, o Ronaldo Urbano, Diogo, Clécio, Cleto e a Ana Kátia (de bike). O amigo Zé Carlos não veio de rodada dupla, mas vinha de uma maratona e uma meia maratona nas semanas anteriores. Estava lá pra tentar baixar o tempo nos 10 Km também.

A corrida era com chip descartável e a largada foi pontual. Fiquei posicionado mais a frente pra tentar não perder muito tempo imaginando que poderia vencer meu desafio. Cerca de 600 atletas se dividiram entre as provas de 5 e 10 Km, que tiveram a largada ao mesmo tempo.

Confesso que não estava muito empolgado antes da largada. Ainda estava meio cansado do dia anterior. Mas sabia que após a largada as coisas vão entrando no eixo.

Sem querer exagerar muito no início, o meu 1º Km já me diria logo de cara que seria impossível eu conseguir melhorar o meu tempo. Passei com um pace relativamente alto para o meu objetivo, mas tentaria recuperar nos quilômetros seguintes.

Não teve jeito, por mais que eu me esforçasse não estava conseguindo chegar na média de pace de 4:30, e passado os 4 primeiros quilômetros estava entrando naquela fase mais crítica de pensar em caminhar. Já estava ficando mais quente e as consequências do dia anterior começavam a aparecer.

Com o passar do tempo acho que a gente aprende a adiar o momento de dar uma paradinha. Pensava comigo: só vou até o próximo posto de água, ou só vou até o determinado quilômetro. E quando chegava naquele ponto adiava para um novo ponto mais a frente. Isso foi até o último quilômetro, pois chegando até ali já não era mais hora de parar.
1º Km – 04:38
4º Km – 04:36
7º Km – 04:48
10º Km - 04:38
2º Km - 04:34
5º Km - 04:40
8º Km - 04:44
40m – 0:12
3º Km - 04:36
6º Km - 04:40
9º Km - 04:50

Os paces a partir do 5º Km demonstram bem como caiu o meu rendimento e isso mantendo ou até aumentando o esforço físico. Como reparei em outras oportunidades, quando faço uma corrida seguida da outra, até os quilômetros iniciais da segunda corrida o organismo ainda responde bem, mas com o passar dos quilômetros o rendimento vai caindo bastante e fica impossível sustentar o ritmo.

No finalzinho ainda foi possível melhorar um pouco o último pace. Consegui completar o percurso em um tempo líquido de 46min54s. Longe do que eu gostaria, mas o possível para o dia. Nem preciso dizer que cheguei mais exausto que no dia anterior, e só de início acho que tomei uns 3 isotônicos em seguida. Estava com muita sede e muito suado.

Na chegada recebemos a medalha (de acrílico) e tivemos uma farta mesa de frutas, muita água e isotônicos, além das massagens relaxantes, disponibilizadas aos atletas.

Fui me recompor um pouco para assistir a premiação. No podium dos 10 Km, com a premiação em dinheiro, a maioria era de atletas da elite e de outras regiões. No masculino os tempos dos 4 primeiros colocados ficaram todos na casa de 30min e no feminino todos abaixo dos 37min.

Ainda encontrei com a Sônia e a Tata do programa Vida e Saúde SC que conseguiram vencer os seus desafios e completaram muito bem os 5 Km. O legal é que com essa exposição na mídia elas conseguiram se motivar e motivar várias pessoas a iniciarem a prática do esporte, com o objetivo de terem uma vida mais saudável. Excelente iniciativa. Estão de parabéns.

Finalmente, era hora de um merecido descanso.

Só feras ao meu lado. Alto nível da prova.
Largada
Tentando alcançar o amigo Zé Carlos

Em algum lugar do percurso
Na reta final
Chegada super exausto
Tata e a Soninha do Programa Vida e Saúde (RBS) vencendo o desafio de 5 Km do Projeto Correria

Local: Beira mar norte - FLN/SC
Data: 02/12/2012 
Horário: 7:00 Hs 
Distância: 10Km (10,04Km) 

Inscrição: R$ 65,00   
Kit: Camiseta, chip descartável e número do peito.


Tempo: 46min54s
Pace: 4:40 min/Km

Colocação: 09 de 23 (categoria 40-44 anos)
Colocação: 45 
de 152 (masculino)
Colocação: 53 de 202 (geral)

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

01/12/2012 - 4ª Corrida Rústica Vale da Graças - Angelina/SC

 4a. Corrida Rústica Vale da Graças - Angelina/SC
Essa foi a 4ª. Edição da Corrida Rústica Vale das Graças e a minha 4ª participação. Enquanto eu puder não perderei uma, pois é uma corrida em que eu me sinto em casa na companhia dos vários amigos desses quase quatro anos de participações. Pra mim foi uma grande festa de confraternização.

Acompanhei esse evento desde a sua primeira edição, e em cada edição vem evoluindo e crescendo cada vez mais. Não foi diferente dessa vez, com um novo recorde de concluintes, superior a 350 atletas.

Outra evolução foi a utilização do chip de cronometragem, o que permite uma apuração mais rápida dos resultados e mais precisão nos tempos.

Como é uma corrida feita de “Corredor” para corredores percebe-se que toda a organização busca as melhores condições para atender as expectativas dos atletas, tendo conhecimento da causa. A começar pelo preço da inscrição que acaba até sendo simbólico pela estrutura oferecida, incluindo um excelente jantar. Isso eu sei que não vem de graça. É fruto de um árduo trabalho do amigo Renato Ventura.

A largada estava programada para as 16 horas. Cheguei com um tempinho de sobra pra garantir qualquer imprevisto, pois sei de muitas histórias do pessoal que se perde e chega atrasado. O tempo exato de viagem foi de aproximadamente 1h10min de São José, indo na boa. Pensei que estaria muito cedo, mas já estava começando o agito do pessoal. Primeiramente fui retirar o kit e aproveitar para fazer as minhas doações para a APAE de Angelina (isso ainda rendeu no final !!!).

Aquelas conversas iniciais pré-largada, encontrando vários amigos de vários lugares e o tempo foi passando. Passou tão rápido que quando vi já estava em cima da hora da largada e eu nem estava preparado. Perdi até a palavra do Padre e o alongamento, mas ainda bem que deu tempo para a largada.

Dessa vez eu tinha dois objetivos, melhorar o tempo do ano passado que havia sido de 47min34s e chegar na gente do amigo Egomar, que no ano anterior havia chegado na minha frente e esse ano tinha lançado um novo desafio !!!

1º Km – 04:35
4º Km – 04:34
7º Km – 05:10
530m – 02:36
2º Km - 04:38
5º Km - 04:43
8º Km - 05:06

3º Km - 04:44
6º Km - 04:57
9º Km - 05:01


A largada foi na praça central da cidade, logo depois das 16 horas. Já estava um dia quente e eu sentia um desconforto maior por causa do calor. Não sou muito fã dos dias mais quentes. Geralmente isso derruba o meu rendimento, mas eu tenho que me acostumar com isso.

Foi muito bonita a largada com uma grande quantidade de atletas saindo da praça. Presentes também muitos moradores da cidade, familiares e amigos dos atletas. Uma verdadeira festa.

Esse ano, além da prova de 10 Km também teve a de 5 Km, o que permitiu que muitos atletas iniciantes participassem também do evento. E olha que veio muita gente nova para participar. Só não vieram mais porque sábado para muitos é dia de trabalho também, ainda mais nessa época do ano. Só eu fiquei sabendo de umas cinco pessoas com essa limitação. Mesmo assim dobrou o número de participantes da edição anterior.

Larguei tentando não forçar muito, naquele ritmo que eu queria buscar, próximo do pace de 4:30. Logo de início já percebi que seria impossível mantê-lo. O forte calor e a os sobe de desce não me deixariam completar nesse ritmo. Mas a busca por um tempo melhor que o ano passado eu ia perseguir.

Primeiro fomos no sentido da entrada da cidade por aproximadamente 2 Km. Mesmo não estando no meu ritmo mais forte já estava me sentindo no limite. Retornamos, e no 3º Km a impressão que me dava é que estava em um esforço fora comum. Porém, isso não se mostrava no pace. A vontade de caminhar era grande. O efeito do calor estava me minando.

Aí eu me lembrava do meu segundo objetivo. O Egomar vai chegar. Não posso caminhar....rs. E segui em frente. Também o incentivo dos moradores que saíam de suas casas para prestigiar e dar força aos atletas foram determinantes. Disseram até que teve uma chuva de mangueira promovida por uma moradora, devido ao forte calor. Eu não vi, mas deve ter sido muito refrescante e os atletas agradecem.

No 4º Km estávamos passando em frente a praça novamente e mais uma injeção de incentivo. Confesso que ao ver o pessoal chegando para finalizar a prova de 5 Km, fiquei com vontade de ficar por ali mesmo, tamanho era o esforço naquela altura.

A partir do 5º Km os morros mais pesados começaram a aparecer e como já estava cansado os paces foram todos pra cima de 5 min/Km. Não tinha como manter. Hoje não era dia. O meu final de corrida foi uma tortura de sofrimento.

Cheguei na reta final com o amigo Cleto e fomos juntos até a chegada. É muito difícil ter esse privilégio. Ele corre muito. Finalmente tinha conseguido concluir a prova, com o tempo líquido de 46min03s. O tempo melhorou em relação ao ano passado, que tinha sido de 47min36s, mas a distância encurtou e o pace acabou sendo um pouco pior que do ano anterior.

Na chegada estava bem exausto. Mal conseguia caminhar e falar. Demorei um tempinho para me recompor. Depois de um redbull e vários isotônicos melhorei e pude acompanhar a chegada de alguns amigos. Muito legal também foi a corrida das crianças que tiveram a oportunidade de participarem e ganharem as suas medalhas. A do ano passado já era bonita. Até meu filho me disse esses dias que era a mais bonita que ele tinha, mas a desse ano superou. Foi mais bonita ainda.

Enquanto o resultado era apurado, tiveram vários sorteios de brindes doados para o evento. E dessa vez sobrou até pra mim. Ganhei uma camisa oficial do AVAÍ. Não sabia que tinha tanta gente interessada na camisa, mas decidi ficar com ela.

Em seguida a chuva apertou e aguardamos um pouco para a realização da premiação, que se iniciou uns 20 minutos depois. Conseguimos tirar a tradicional foto do grupo “Loucos por Corridas”, mas infelizmente não foi possível reunir todo o pessoal, pois muitos já haviam saído. Ano que vem tiramos uma maior.

Depois todos correram para o ginásio onde foi servido um delicioso jantar, que acabou sendo uma grande festa de confraternização. Muito boa a comida, ainda mais quando se está com fome. No final, tivemos um big bolo para comemorar a 100ª corrida do Sebastião de a 50ª corrida do Eduardo Legal. Essa turma tem história !!! Parabéns aos dois amigos.

Essa é aquela corrida especial, promovida pelo nosso amigo Renato Ventura com grande apoio da sua esposa Marta, e do casal Nilton e Laura, que não pouparam esforços em oferecer uma boa tarde de entretenimento e integração aos amantes do esporte e seus familiares, além de promoverem a cidade de Angelina. Vocês estão todos de parabéns e é por isso que essa corrida vai ganhando destaque nacional.

Ah, o resultado do meu segundo objetivo tem que ver no blog do Egomar.

 Linda imagem aérea registrada por uma moradora da cidade. Eu estou ali no meio.
  Quase liderando o pelotão..... da foto
 Eu já estava querendo ficar por aqui (4o. Km)
 Chegada com o amigo Cleto
Loucos por Corridas
O meu pedaço de bolo

Local: Praça Central de Angelina / SC
Data: 01/12/2012 
Horário: 16:00 Hs 
Distância: 10Km (9,530Km) 

Inscrição: R$ 23,00   
Kit: Camiseta, mel, vale jantar, chip e número do peito.


Tempo: 46min03s
Pace: 4:50 min/Km

Colocação: 15 de 26 (categoria 40-44 anos)
Colocação: 72 
de 160 (masculino)
Colocação: 74 de 201 (geral)