sábado, 30 de março de 2013

24/03/2013 - Meia Maratona Internacional da Caixa de Florianópolis

4a. Meia Maratona Internacional da Caixa de Florianópolis
Após uma semana do meu super treino na Meia Maratona Internacional de São Paulo, lá estava eu para o meu primeiro grande desafio do ano de 2013, a Meia Maratona Internacional da Caixa de Florianópolis, com a minha 4a. participação em anos consecutivos (ver Meias e Maratonas).  

Semanas atrás eu não estava muito confiante de poder melhorar o meu tempo esse ano por causa da dor no joelho esquerdo que ainda continua, mas com menor intensidade. Por conta disso, meus treinos foram todos mais leves. A confiança só voltou após a Meia Maratona de São Paulo, onde apesar do cansaço consegui um bom tempo e o joelho aguentou bem.

A minha meta ideal seria consolidar o sub 1h40min, mas já ficaria muito satisfeito se conseguisse melhorar o meu tempo em relação ao ano passado, 1h42min38s. Esses poucos minutos parecem poucos, mas a partir de uma determinada fase ficam bem mais difíceis de se conseguirem.

No dia da prova procurei chegar mais cedo que o normal, pois as ruas fechariam mais cedo e ficaria mais difícil o acesso e o estacionamento. Chegando às 6 horas da manhã (com largada da meia maratona prevista para as 7:30) já não haviam mais vagas nos bolsões da frente da beira mar. 

Chegando lá deu pra perceber o tamanho do evento, com várias tendas de assessorias esportivas e toda a estrutura montada. Fui então retirar o meu chip, ainda bem tranquilo.

Aos poucos toda a turma foi chegando. Alguns estreando na meia maratona, alguns participando da prova de 5 km e 10 Km, outros participando como ritmistas da prova de 10 Km, e os amigos que também foram só pra dar aquela força.

Gostei que a largada da meia maratona e das provas de 5Km e 10Km foram em horários diferentes (15 minutos), evitando aquele congestionamento maior. Com isso pude largar tranquilo e com a beira mar totalmente fechada ficou mais fácil pra impor o ritmo desde o começo.

Minha briga seria contra o relógio. Tinha que manter a média de 4:44 min/Km em todos os 21,097 Km. No começo até que estava fácil. Saímos da Praça Sesquicentenário no sentido do túnel da Beira mar Sul. Com o tempo ainda fechado ajudando e a empolgação inicial passei pelo 5º Km (próximo ao túnel) bem abaixo dessa média (4:35 min/Km), mas já prevendo que precisaria dessa diferença para o final. Até então nem havia bebido nada.

O mais legal de correr em casa é ter o apoio dos vários amigos durante a prova. Entre os próprios atletas muitos conhecidos. Na volta do trecho do túnel e ida do pessoal que participou da prova de 10 Km, mais um banho de incentivo. Acho que isso fez com que eu conseguisse fechar os primeiros 10 Km em 46min18s, praticamente o tempo que eu faço em prova só de 10 Km. Muito diferente da meia de São Paulo onde não conhecia quase ninguém e praticamente não havia ninguém nas ruas assistindo.


Tomei o meu primeiro gel de carboidrato passando pelo 8º Km, além de me hidratar em seguida. Passamos pelo local da largada onde havia toda a concentração do pessoal que assistia. Mais incentivo e algumas fotos.


1º Km – 04:24
6º Km - 04:42
11º Km - 04:47
16º Km - 04:47
21º Km - 04:41
2º Km - 04:42
7º Km - 04:39
12º Km - 04:48
17º Km - 04:51
220 m - 00:56
3º Km - 04:39
8º Km - 04:35
13º Km - 04:50
18º Km - 04:51

4º Km - 04:33
9º Km - 04:41
14º Km - 04:54
19º Km - 04:50

5º Km - 04:35
10º Km - 04:47
15º Km - 04:59
20º Km - 04:49


Após o 1 Km foi acabando um pouco o gás, começou também aquele trecho mais monótono em sentido à UFSC. E pra complicar um pouco o sol começava aparecer com mais intensidade. Comecei a sentir um pouco as pernas a partir do 13º Km. Achei muito cedo para isso e fiquei com medo de perder o ritmo. Os paces começaram a subir chegando quase aos 5 min/Km no  15º Km, onde foi o retorno próximo à UFSC. Mesmo assim passei por ele com 1h10min36s, apenas 26 segundos acima do meu melhor tempo na distância. 

A cabeça começava a brigar com o corpo. Por um lado o tempo me permitiria chegar no meu objetivo, por outro as pernas pediam para parar, e ainda faltavam pouco mais de 6 Km. 

Saquei outro gel, tomei e tentei voltar ao ritmo. Não dava pra ser igual ao do início, mas pelo menos consegui próximo da média necessária. Já na reta final da prova, próximo ao Km 17, eu já quase desistindo de brigar pelo tempo, encontrei com o amigo Luiz Felipe passando de bike. Ele me deu aquela força e me acompanhou durante algum tempo. Com isso mantive o pace sem deixar escapar muito.

No Km 19, já no final da prova, as pernas estavam praticamente duras, mas ainda tinha que dar um pique. Sabia que esses quilômetros finais fariam a diferença, e fiz tudo que era possível e estava ao meu alcance. Consegui ainda reduzir um pouco o pace. 

Não tem imagem melhor do que avistar o portal de chegada. Sabia que estava no limite do meu tempo alvo. Ainda forcei um sprint que dava no momento. Com isso fechei a prova com o tempo líquido de 1h40min20s. 

A distância apontada pelo meu Garmin foi de 21,220 Km. Por mais otimista que estivesse não tinha em mente que conseguiria um tempo desse já nessa meia de Março. Além disso, por muito pouco não consegui a minha meta ideal de sub 1h40min na prova (se bem que pelo Garmin passei com 1h39min49s pelos 21,097 Km).

Fiquei muito contente pelo resultado, o que me deixou bem mais confiante para as próximas e também para a minha primeira maratona do ano, em Porto Alegre.

 Retirado do kit na véspera
 Teste do Pedígrafo (pisada)
 Minha vista da largada
 Vencendo os viadutos
 Passando pelo local da largada
 Em direção a UFSC
 No quilômetro final com o Diemerson
Chegada com tempo de 1h40min34s e tempo líquido de 1h40min20s

Local: Beira mar Norte - FLN/SC
Data: 24/03/2013 
Horário: 07:20 Hs 
Distância: 21,097 Km (21,220 Km) 

Inscrição: R$ 65,00
Kit: Sacola, camiseta, meia, toalha, chip e Número do peito    

Tempo: 1h40min20s
Pace: 4:44 min/Km

Colocação: 028 de 109 (categoria 40-44 anos)
Colocação: 220 de 786 (masculino)
Colocação: 248 de 979 (geral)

5 comentários:

  1. Parabéns Eduardo! Foi um ótimo tempo.Abraços Alessandra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Alessandra. Foi uma das melhores meia maratonas que tivemos por aqui. Eu recomendo. Vale a pena !!! Abraços.

      Excluir
  2. Gostei da determinação, isso ai mais uma meta foi batida! Parabéns!!!
    ótima semana!

    ResponderExcluir
  3. Olá Eduardo,

    Meus parabéns pela prova. Excelente tempo! Mais uma vez, um texto empolgante. Acredito que o clima da prova e principalmente o foco e a sua determinação, levaram a esse resultado.

    Devido as provas da faculdade esse mês, a minha próxima prova será em maio na Meia de BC.

    Obrigado pela msg no blog, estou sem tempo para postar. Mas sempre que posso tenho visitado o seu blog.

    Um forte abraço e bons treinos.

    ResponderExcluir