terça-feira, 7 de janeiro de 2014

31/12/2013 - 89ª Corrida Internacional de São Silvestre

89a. Corrida Internacional de São Silvestre - SP
A inscrição já estava garantida, mas faltava definir como iria para São Paulo. Estava aguardando alguma promoção tipo de "Papai Noel" para ir de avião se possível. E não é que ele veio. Consegui comprar as passagens de ida e volta para Guarulhos na véspera do voo por R$ 106 cada trecho pela GOL. Pela Avianca estava mais barato ainda, R$ 99. Anteriormente os preços estavam superiores a R$ 300 cada trecho. 

A chegada foi bem tranquila. Voo no horário, aeroporto de Guarulhos sem filas,  bagagens liberadas super rápidas. E o melhor, São Paulo sem congestionamento algum. Fui retirar o kit no Ibirapuera ainda no domingo (29) à tarde e tudo continuava tranquilo. E viva o contra-fluxo.

No dia da prova tentei chegar um pouco mais cedo para largar mais a frente. Consegui chegar somente às 8:15, peguei um congestionamento de atletas no metrô, e de lá fui direto para a largada. Cheguei no mesmo ponto de onde larguei no ano passado, em frente ao MASP. Esqueci que esse ano seriam mais atletas, praticamente 27.500 atletas.

Não teve jeito, demorei praticamente 15 minutos para passar pelo portal depois que foi dada a largada. Provavelmente os quenianos já tinham passado pelo 5º Km. E eu lá encaixotado e agoniado !!!

Pra ajudar, o tempo que estava fechado ameaçando até chover, o que seria muito bom, mudou completamente e o sol voltou a reinar absoluto. Imagino que durante a corrida deva ter chegado perto dos 30 graus.

Na largada muita animação e muita adrenalina como sempre. Todos alegres, contentes e inteiros. Muitos fantasiados, não sei como estavam aguentando. Vi o Frajola, Piu-Piu, Homem-aranha, Fuleco, a noiva, o Pelé, Senna, The Flash, Mulher maravilha, Homem de Ferro, Batman, Batgirl, Imperador Nero, Capitão América, Chaves, Kiko, seu Madruga... tinha de tudo !!! Além de faixas de diversos grupos, cidades e estados. 

Inicialmente tentei correr do jeito que era possível. Um corte pra lá, um corte pra cá, uma parada em frente as câmeras, umas trombadinhas acidentais. Mas o que eu queria mesmo era conseguir estabelecer o meu ritmo de prova, o que foi impossível.

 1º Km foi bem travado e não consegui desenvolver bem o meu ritmo. Do  2º ao 4º Km com o alargamento das pistas para correr na Av. Pacaembu já foi possível desenvolver um ritmo mais próximo da minha realidade. Nesse ponto estava me empolgando novamente, mas logo em seguida o calor e as várias subidas pelo caminho foram minando. Esses são os meus principais adversários nas corridas de rua. Sei que preciso treinar e melhorar nessas condições.

Tentei manter então um ritmo mais cadenciado e sem me esforçar ao limite, pois sabia que a parte final da Av. Brigadeiro com os seus quase 2 Km de subida não seriam nada fáceis. Ainda mais com o calor que aumentava. Esse ano inclusive tive que pegar água duas vezes e um saquinho de gatorade para me hidratar. Normalmente só pego uma garrafinha de água.


Altimetria - Agora entendo porque sofro tanto na segunda metade


Chegando a Av. Brigadeiro é que lembramos de como ela é desafiadora. Já começa com uma forte subida, onde a maioria dos atletas acaba caminhando. Eu, concentrado no meu objetivo, desacelerei um pouco, mas não caminhei. Seguia brigando contra o relógio. Ano passado havia completado a prova com 1h21min e esse ano queria melhorar esse tempo, e se possível para 1h15min.

A essa altura não estava nem mais olhando o tempo. Sabia somente que tinha grandes chances de melhorar o meu tempo. Na corrida de São Silvestre o mais legal de tudo é o incentivo do público durante todo o percurso. Eles não deixam as pessoas caminharem...eles "empurram" com gritos e palavras de motivação. E esse empurrãozinho me embalou no finalzinho da Av. Brigadeiro. Parece que ganhei um novo gás e entrando pela reta final na Av. Paulista foi possível até arriscar um sprint final.

Que sensação boa é essa chegada da São Silvestre. Muito incentivo e muitos gritos de todos os presentes. A sensação ficou melhor ainda quando cruzei a linha de chegada, ainda muito exausto e desidratado por causa do forte calor. Olhei rapidamente para o meu cronômetro, 1h17min12s, meu novo recorde pessoal na São Silvestre. Era simplesmente a minha última marca a ser quebrada esse ano. Muitíssimo feliz !!!


video
Vídeo da minha chegada

Uma pena que não consegui encontrar muitos amigos que também vieram de Santa Catarina. Era muita gente, mas muita gente mesmo. Tudo muito complicado até para se locomover. O ponto decepcionante para grande parte dos atletas foi o kit lanche pós prova, inclusive para mim. Uma barrinha de cereal, um pãozinho de mel e um torrone. Nada de frutas e nem isotônicos, ainda mais em uma prova sob forte calor. 

Para compensar, achei a medalha desse ano a mais bonita das edições que participei. Fechamos com chave de ouro !!!

Não foi um ano fácil, pois sofri uma lesão no segundo semestre, deixei de participar de algumas provas que eu queria muito, e fiquei parado durante algum tempo. Consegui me recuperar com a ajuda do Dr. Daniel Carvalho e do fisioterapeuta Luiz Eduardo da clínica Nura. Mas termino o ano com a sensação de dever cumprido. Todos os tempos das principais provas e distâncias batidos, inclusive a São Silvestre. Esse era o último desafio e a prova mais esperada do ano. 

Finalizo minhas participações de 2013 totalmente realizado com as conquistas pessoais, e o principal, com saúde e muitas novas amizades. Em 2014 estaremos de volta !!!

Jornal "Notícias do Dia" de 31/12/2013, com Jacks Morgado e Lucena
Retirando o kit com Sérgio, Kazumi e Silvio
Ladeira acima
 Falta pouco
 Passei o Senna
Com apoio da família é bem melhor, minha mãe e minha irmã
Medalha que valeu a pena. Muito linda.

Local: Av. Paulista - São Paulo/SC
Data: 31/12/2013 
Horário: 09:00 Hs 
Distância: 15 Km (14,8 Km) 

Inscrição: R$ 125,00
Kit: Número do peito, camiseta Adidas, sachês de café, carbogel, tubetes, cookie, maçã e chip descartável.  

Tempo: 1h17min12s
Pace: 5:13 min/Km

Colocação: 455 de 2.677
Colocação: 2.575 de 17.284 (masculino)
Colocação: 2.711 de 22.512 (geral)